Imagem

Busca

Nov / 2013 - Agrodrops - Expansão do mercado de biodiesel

Até novembro, o Congresso Nacional receberá proposta de aumento da mistura do biocombustível por litro de diesel dos atuais 5% (B5) para 7% (B7) em 2014. De acordo com o deputado Jerônimo Goergen (PP-RS), presidente da Frente Parlamentar do Biodiesel, o coordenador da Comissão Executiva Interministerial do Biodiesel, Rodrigo Rodrigues, relatou que será enviada uma Medida Provisória ou um Projeto de Lei sobre o tema ao Poder Legislativo. Se a opção for pelo PL, será pedida tramitação de urgência para a matéria. A proposta do Governo deve prever uma mistura de 10% (B10) em 2020, de acordo com as condições de oferta de matéria-prima e indicad...

Jun / 2013 - Mercado & Negócios - Modelo sustentável

Em teoria, todos os óleos vegetais concorrem entre si, mas cada um tem a sua própria base relativa de valor. Muitos consumidores satisfazem-se quando substituem o azeite de oliva pelo óleo aromatizado de soja, quando não conseguem pagar o primeiro. Da mesma forma, os óleos de palma e de soja possuem mercados e utilizações característicos, o que não impede a troca de lugar.Historicamente, o preço do óleo de palma é inferior ao do de soja, em média, na casa de US$ 100 por tonelada. Mas, as condições específicas de mercado podem alterar essa relação, como no caso do momento atual, quando esse gap chegou a atingir US$ 300 por tonelada. A expl...

Mai / 2013 - Abre Aspas - Romeu Kiihl

Romeu Afonso de Souza Kiihl, setenta e um anos de idade e prestes a completar cinquenta de trabalhos na área de pesquisa em melhoramento da soja. Paulista de Caconde, engenheiro agrônomo pela Esalq/USP, turma de 1965, M.S. (Agronomia, 1968) e Ph.D. (Agronomia, 1976) pela Mississippi State University (MSU). Ele é um dos responsáveis pela adaptação da oleaginosa no Brasil e já foi agraciado com dezenas de prêmios e condecorações por suas pesquisas e trabalhos publicados. Percebeu a importância da latitude (23°) para produzi-la em todo o Brasil. Recentemente, foi agraciado com o Prêmio Deusa Ceres pela Associação dos Engenheiros Agrônoos do E...

Abr / 2013 - Agroenergia - Indutora a uma matriz renovável

A perspectiva de que os Estados Unidos devem se tornar independentes de energia ainda nesta década representa uma mudança significativa não só no campo da Energia, mas no da Geopolítica e no do equilíbrio das potências mundiais. Nas décadas de 1990 e 2000, os Estados Unidos sofreram com dependência por suprimento externo de petróleo, que variou entre 40% e 60% do total consumido. O desenvolvimento de novas tecnologias permitindo a exploração econômica do gás e óleo de xisto e das areias betuminosas trouxe a possibilidade concreta de nova expansão na produção local de energia e da recuperação de poços de petróleo antes considerados esgotado...

Abr / 2013 - Agroenergia - O Brasil precisa investir em biomassa

A perspectiva de que os Estados Unidos devem se tornar independentes de energia ainda nesta década representa uma mudança significativa não só no campo da Energia, mas no da Geopolítica e no do equilíbrio das potências mundiais. Nas décadas de 1990 e 2000, os Estados Unidos sofreram com dependência por suprimento externo de petróleo, que variou entre 40% e 60% do total consumido. O desenvolvimento de novas tecnologias permitindo a exploração econômica do gás e óleo de xisto e das areias betuminosas trouxe a possibilidade concreta de nova expansão na produção local de energia e da recuperação de poços de petróleo antes considerados esgotado...

Abr / 2013 - Especiais - O futuro da agricultura brasileira está sendo construído agora - Abertura

Poucos países cresceram tanto no comércio internacional do agronegócio quanto o Brasil, segundo informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). O País é um dos líderes mundiais na produção e exportação de vários produtos agropecuários. É o primeiro produtor e exportador de café, açúcar, etanol e suco de laranja. Além disso, lidera o ranking das vendas externas do complexo de soja (grão, farelo e óleo), nosso principal gerador de divisas cambiais. No início de 2010, um em quatro produtos do agronegócio em circulação no mundo era brasileiro, e, segundo informações do MAPA, até 2030 um terço dos produtos comercializ...

Abr / 2013 - Especiais - O futuro da agricultura brasileira está sendo construído agora - De olho no futuro

As revoluções no mundo da Ciência e da tecnologia indicam que as instituições de pesquisa e as empresas do agronegócio não podem trabalhar mirando o retrovisor. A Empresa está preparando-se para atender os desafios que a humanidade deve enfrentar nos próximos vinte anos.Questões que dizem respeito à energia, à água, aos alimentos, ao meio ambiente e à pobreza deverão permear os cenários que se avizinham. A agricultura não será apenas provedora de alimento, fibra e energia; ela deverá ter o papel de promotora de saúde e qualidade de vida. Integrar alimento, nutrição e saúde é a ordem da agricultura do futuro, que se projeta também como pr...

Abr / 2013 - Especiais - O futuro da agricultura brasileira está sendo construído agora - De resíduos a matérias-primas

As várias unidades da Embrapa vêm trabalhando para viabilizar o aproveitamento da biomassa na lógica de biorrefinaria. Conheça algumas soluções para resíduos agroindustriais desenvolvidas por pesquisadores da empresa.Um corante feito de cajuDa massa do pedúnculo do caju usado na indústria de processamento de sucos, um percentual entre 15% a 20% transforma-se em um resíduo fibroso altamente perecível e rico em tanino, o que limita a aplicação na ração animal. Desse bagaço que ia para o lixo, foi desenvolvido um corante natural que pode substituir substâncias como a tartrazina, um corante artificial já banido de vários países por estar a...

Abr / 2013 - Especiais - O futuro da agricultura brasileira está sendo construído agora - Do campo para a indústria fontes de biomassa

O grande diferencial das biorrefinarias em relação às refinarias convencionais está nas matérias-primas, ou seja, na substituição do petróleo por biomassa. Esta pode vir de fontes amiláceas (milho, mandioca), sacarinas (cana-de-açúcar, sorgo sacarino), lignocelulósicas (resíduos agrícolas, espécies florestais) e, ainda, oleíferas (soja, dendê). Das duas primeiras, obtem-se glicose; da terceira, lignina, celulose e hemicelulose. O acesso ao açúcar sacarino e amiláceo é quimicamente mais simples do que aos açúcares contidos na celulose e na hemicelulose – glicose e xilose –, bem como à lignina.A partir da glicose, é possível produzir etano...

Abr / 2013 - Especiais - O futuro da agricultura brasileira está sendo construído agora - Embrapa investe em nova estrutura

Para fazer frente aos novos desafios, a Embrapa tem investido na modernização de sua estrutura e na formação de pessoal técnico especializado. Em 2012, foram inaugurados, tanto na Embrapa Agroindústria Tropical, quanto na Embrapa Agroenergia, novos laboratórios voltados para o aproveitamento da biomassa. Na primeira, o complexo reúne o Laboratório de Tecnologia da Biomassa, o Multiusuário de Química de Produtos Naturais (LMQPN) e o de Biologia Molecular. Já, na Embrapa Agroenergia, os novos espaços abrigam uma planta piloto e quatro laboratórios: Genética e Biotecnologia, Análises Químicas e Instrumentais, Processamento da Biomassa e Aprov...