Imagem

Busca

Set / 2012 - Agroenergia - Até onde vale a pena?

A busca por fontes de energia capazes de substituir parte da energia fóssil demandada atualmente e que, ao mesmo tempo, sejam renováveis, mais seguras e menos poluentes têm permeado grande parte dos debates sobre segurança energética nos últimos anos. Estima-se que os biocombustíveis, em 2030, substituirão entre 4 e 7% do consumo de toda energia fóssil mundial.No Brasil, frente à vasta variedade de matériasprimas disponíveis, um dos grandes desafios é escolher a oleaginosa que melhor explore as potencialidades regionais para a produção de biodiesel dentro de especificações técnicas aceitáveis.Escolhendo as culturas mais adequadas: compet...

Set / 2012 - Mercado & Negócios - Renascimento da cadeia produtiva

O negócio global do cacau tem verificado um bom crescimento da produção. Nos últimos 10 anos, a produção mundial aumentou quase 30%. Essa expansão tem sido estimulada não só por boas condições climáticas que favoreceram a produção agrícola, mas também puxada pela demanda advinda principalmente do crescimento nos países emergentes. Atualmente, os principais países produtores – Costa do Marfim, Gana, Indonésia, Nigéria e Brasil – respondem por 80% da produção global.O Brasil, como tradicional produtor de cacau, tem papel de destaque no cenário internacional. Em épocas anteriores, o país figurava como um dos grandes exportadores de cacau e ...

Set / 2012 - Sustentabilidade - A importância da gestão territorial

Por sua distribuição difusa no espaço geográfico, a evolução espaço-temporal da agricultura pode comprometer sua sustentabilidade e limitar os benefícios dessa atividade para a sociedade. O território rural é alterado por diferentes e complexas forças. Os processos de expansão, intensificação, diversificação e substituição são contínuos. Existem também outras atividades em desenvolvimento, como as de infraestrutura e urbanização, enquanto as ações regulatórias afetam a competitividade e a sustentabilidade da agricultura e da agroindústria. Diante dessa complexa dinâmica, a gestão territorial impõe-se como instrumento de planejamento, impla...

Set / 2012 - Sustentabilidade - Lições das cooperativas do Paraná

A organização das Nações Unidas (ONU) elegeu 2012 para comemorar o ano internacional do cooperativismo. O objetivo é chamar a atenção ao modelo de organização como um meio alternativo para fazer negócios e promover o desenvolvimento socioeconômico. A escolha da ONU assume no Brasil um significado ainda mais relevante, já que neste ano o país foi sede da Rio+20, a conferência da ONU para Desenvolvimento Sustentável. Essas duas ocasiões oferecem uma oportunidade interessante para reflexões sobre os conceitos de sustentabilidade e cooperativismo. E o cooperativismo paranaense, o maior do Brasil, pode fornecer importantes elementos para essas ...

Ago / 2012 - Abre Aspas - Osmar Dias

Osmar Dias é Vice-Presidente de Agronegócios e Micro e Pequenas Empresas do Banco do Brasil.Nascido em Quatá, no interior de São Paulo, e criado em Maringá, no Paraná, Estado do qual foi secretário de Agricultura entre 1987 e 1994 nas gestões dos governadores Álvaro Dias e Roberto Requião, ex-senador pelo PDT e atual Vice-Presidente de Agronegócios e Micro e Pequenas Empresas, no Banco do Brasil, Osmar Dias ressalta nesta entrevista exclusiva a Agronalysis não só a atuação do banco no que diz respeito ao Plano Agrícola e Pecuário 2012, como também vários temas de importância relacionados ao agronegócio brasileiro. Mesmo assim, faz questã...

Ago / 2012 - Agrodrops - COMITÊ ESTRATÉGICO DO AGRONEGÓCIO

Para ampliar o diálogo com as cadeias produtivas, os produtores e os empreendedores do setor rural e construir uma agenda estratégica para o agronegócio, o Mapa lançou o Comitê Estratégico do Agronegócio. O Comitê tem como objetivo definir prioridades a serem estabelecidas na formulação das políticas agrícolas e contribuirá na fixação de diretrizes, indicadores e metas de desempenho do agronegócio e de suas-respectivas cadeias produtivas. Avaliará e acompanhará as ações governamentais aplicadas ao desenvolvimento e à sustentabilidade do agronegócio nacional. É composto pelo ministro da Agricultura, além de lideranças de entidades setoriai...

Ago / 2012 - Especiais - Força e união da indústria de tecnologia e nutrição - Benefícios sustentáveis dos fertilizantes organominerais

Em 2030, segundo previsões do relatório Resilient People, Resilient Planet: A Future Worth Choosing, da Organização das Nações Unidas, publicado em 30 de janeiro de 2012, o mundo precisará de 50% mais alimentos, 45% mais energia e 30% mais de água. Esse cenário acarreta preocupações evidentes entre entidades governamentais, privadas e, principalmente, no consumidor final, cada vez mais criterioso nas tomadas de decisão. Existe um impasse entre o crescimento populacional com a disponibilidade finita de terra e água para as atividades produtivas. Então, mais do que expandir as fronteiras, precisamos aumentar a produtividade nas áreas já di...

Ago / 2012 - Especiais - Força e união da indústria de tecnologia e nutrição - Boas práticas na fabricação de fertilizantes

As indústrias fabricantes de fertilizantes no Brasil já ultrapassam o patamar de 900 unidades em 2012. O número em destaque, que excede os aspectos da demanda nacional por fertilizantes, busca atender ao consumidor cada vez mais exigente em tecnologia de produtos para aumento da produtividade agrícola a um custo acessível. Neste mercado de acirrada disputa, a qualidade do produto deixa de ser uma vantagem competitiva para tornar-se cada vez mais requisito fundamental para a comercialização.-Uma das formas para se atingir um alto padrão de qualidade é a implantação do programa de Boas Práticas de Fabricação (BPF), com cases nas indústria...

Ago / 2012 - Especiais - Força e união da indústria de tecnologia e nutrição - Crescimento dos fertilizantes foliares

Estão com o agronegócio o desafio e a responsabilidade de produzir alimentos para suportar o crescimento orgânico da população, somados à melhoria da qualidade de vida dos países em desenvolvimento. O que está faltando para alcançarmos os tetos de produtividade que a genética já nos proporcionou? O que está faltando para atingirmos por hectare 6.000 quilos de soja e 18.000 quilos de milho? Sem dúvida, uma das respostas a estas perguntas passa pela nutrição de plantas.-Macro e micronutrientes, análises de solo, de folha, de seiva e da solução do solo são palavras comuns e obrigatórias no meio agrícola. A chegada de empresas com filosofia...

Ago / 2012 - Especiais - Força e união da indústria de tecnologia e nutrição - Estímulo aos insumos orgânicos

O Brasil vem assumindo um forte compromisso voluntário para reduzir as emissões de Gases do Efeito Estufa (GEE). Em dezembro de 2009, durante a realização da 15ª Conferência das Partes (COP-15), em Copenhague, na Dinamarca, o governo brasileiro divulgou o compromisso de redução das emissões, até 2020, entre 36,1% e 38,9%. Isso significa deixar de emitir 1 bilhão de toneladas de equivalente CO2. Para viabilizar essa meta, a Lei nº 12.187, em 29 de dezembro de 2009, instituiu a Política Nacional de Mudança Climática (PNMC). Há 12 Planos de Mitigação e Adaptação às Mudanças Climáticas sendo implantados, entre eles o Plano Setorial de Mitiga...